Não Lutes Contra, Muda Tu!

“Quando a circunstância é boa devemos desfrutá-la, quando não é favorável devemos transformá-la e quando não pode… ser transformada devemos transformarmos a nós mesmos.” Viktor Frankl

Sempre tive dificuldade em aceitar, de ânimo leve, as tempestades que a vida me apresentava. Confesso que ainda me custa, embora menos.

Para mim,  a resposta para isto, passa por trabalhar todos os dias a aceitação incondicional da vida e das circunstâncias que não podemos mudar.

Atenção, falo de aceitação!
Aceitação, não implica não ação ou resignação. Significa apenas, que deixemos de lutar contra aquilo que não controlamos.

Quando nos desapegamos da necessidade de controlo, conseguimos pôr os acontecimentos em perspetiva e tomar melhores decisões.
Deves estar a perguntar: Como trabalhas a aceitação?

Uma das coisas que me ajuda bastante, no dia a dia, a vivenciar a minha vida de uma forma menos ansiosa e mais plena é o Mindfulness . Tive contato com esta prática há 3 anos, mas pratico de forma regular, há 2 anos. Para mim, passou, a ser uma forma de estar.

Viver a vida de forma mais consciente, no momento presente, sem julgamentos, ajuda-me a relacionar-me melhor comigo própria e com os acontecimentos.

Outra das coisas que me ajuda bastante, é praticar a gratidão.
Se pararmos um pouco para pensar, todos temos coisas nas nossas vidas pelas quais agradecer. Mesmo na adversidade. Escolhi-te para partilhar a minha história, por isso sabes do que falo.

Quando a vida nos põe à prova, nunca perdemos, ou ficamos mais fortes ou aprendemos.
Quando aceitamos a vida em todos os aspetos, evitamos muitos sentimentos negativos como o ressentimento, a autocritica destrutiva, a culpa, a vergonha e o medo do julgamento dos outros.
Passamos a saborear muito mais aquilo que a vida nos oferece.

Percebi, nos últimos tempos, que podemos e devemos assumir a responsabilidade de mudar, olhar com tranquilidade e tempo, para outras direções.

ESTÁ TUDO BEM…, mas, não deixes de apreciar e aproveitar o que tens, enquanto tentas conquistar o que não tens.

E tu? Gostarias de mudar alguma (s) coisa(s) na forma como te relacionas com a vida? 

Ficarei muito feliz se partilhares comigo.

ESTÁ TUDO BEM…

@orlanda_sampaio

Add A Comment